Poesia

chover no molhado,
ver no olhado,
ver o lado ve l ado

Anúncios

the west

Poesia

Se as 6000 línguas e culturas que existiam no mundo eram florestas nativas da mente e o inglês e o neoliberalismo são as monoculturas de hoje que tudo achatam, que podem fazer os que nasceram já dentro dessas monoculturas como nós:

a) ensimesmar-se e deixar de fazer o papel de paterfamilias de outras culturas?

b) buscar e relacionar-se com a sua origem antes da chegada da monocultura, vide para os portugueses, a sua floresta nativa árabe e judaica?

c) partir de outras configurações de ecossistema da cultura e, através das redes socio-técnicas, buscar a sustentabilidade e a diversidade das florestas mentais?

UM POEMA MISTICO É UM CADÁVER NA TORRADEIRA

Poesia

 

Tenho a barriga dura e enfeitiçada, cheia de líquidos verdes
Tenho vontade de ouvir cânticos mortos
Tenho um olho fechado sobre áfrica
Aprecio tentativas de boicotar qualquer tipo de MERDA.
Acho que deus não morreu, é só brincadeira das farmácias para vender mais aspirina.
Nem mais uma aspirina nesta barriga.
Horror da desatenção sobre os corpos.
Quero macumba.
Quero-me curar.
Comprei o jornal.
Não abra a pagina da publicidade, senhor polícia
Senhor feiticeiro, abra uma garrafa de vinho
derrame-a sobre o meu corpo
mate uma galinha.

Alto e paira o baile! (disse o polícia)

Alto e paira o baile! (disse o vegetariano que passava)

Acabou-se a festa, há guerra no Irão.
Temos que escrever um livro
Sobre a DESINTEGRAÇÃO .